O caráter memorial de interações na fan page “Maria do Resguardo”

Rafaella Prata Rabello, Daniella Lisieux de Oliveira, Christina Ferraz Musse

Resumo


Neste trabalho analisa-se a formação de memórias a partir de interações dos membros da fan page “Maria do Resguardo” no Facebook. Este espaço virtual promove trocas e relações entre os atores sociais que realizam postagens de fotos antigas da cidade da Zona da Mata Mineira, Juiz de Fora. Por meio da metodologia da etnografia virtual foram reunidas fotografias da fan page “Maria do Resguardo”, fundada em 2009 e com 2.432 membros até o momento. Objetivou-se desvelar as múltiplas representações de Juiz de Fora expostas nas fotografias postadas pelos interagentes, baseadas na memória e no imaginário das pessoas, como referências fundamentais para a habitação desta “cidade imaginária” reconstruída na rede social. Analisando-se comentários, compartilhamentos e postagens, identificou-se que os participantes da fan page utilizam-na como forma de saudosismo em relação ao patrimônio da cidade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Diretório e Indexadores