Topologias de espaços híbridos na era da Internet das Coisas

Fernanda da Costa Portugal Duarte

Resumo


Este artigo discute como a mineração de dados produz representações espaciais multi-escalares na contemporaneidade: da escala íntima dos dados fisiológicos individuais à dimensão global dos modelos preditivos da big data. Para compreender os arranjos entre essas escalas, caracterizamos a mineração de dados como ação epistêmica da materialidade digital e, portanto geradora de formas de saber algorítmicas. A partir daí, revisitamos o conceito de espaços híbridos (SOUZA E SILVA, 2006) e analisamos como diversas práticas de coleta, análise e reapropriação de dados constituem topologias fundadas sobre práticas de anotação espacial (data annotation), visualização de dados (criação de data doubles) e modelos preditivos.

Palavras-chave


Espaços híbridos; Internet das coisas; Big data; Episteme digital

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Diretório e Indexadores

Directory of Open Access Journals

 

 

DOAJ (Directory of Open Access Journals): https://doaj.org/toc/2317-4919

Latindex: http://www.latindex.unam.mx/latindex/ficha?folio=24643

Seer/Ibict: http://seer.ibict.br/index.php?option=com_mtree&task=viewlink&link_id=3032&Itemid=109

Livre!: https://portalnuclear.cnen.gov.br/livre/Inicial.asp

Sumarios.org: http://sumarios.org/revistas/par%C3%A1graforevista-cient%C3%ADfica-de-comunica%C3%A7%C3%A3o-social-da-fiam-faam