Ideologia do Vale do Silício e desigualdades de classe: um imposto virtual em relação à política digital

Jen Schradie

Resumo


A Ideologia do Vale do Silício faz parte de um "fundamentalismo de livre mercado”. Neste caso, porém, é um fundamentalismo de livre mercado em que a Internet inevitavelmente produziria formas mais democráticas de participação. Trata-se de um fundamentalismo de mercado livre incorporado na sociedade, nas corporações e outras instituições. E é um fundamentalismo de mercado livre amarrado ao neoliberalismo, já que tanto a Internet quanto a Ideologia do Vale do Silício cresceram simbioticamente com a ascensão do neoliberalismo nas últimas décadas. Certamente, nem todos os que celebram a arquitetura não-hierárquica da Internet se alinham com a agenda neoliberal do capitalismo. Ainda, esta filosofia igualitária da Internet choca com as desigualdades de classe social em uma economia de livre mercado. Pessoas sem recursos caem por meio das fissuras digitais. A questão, então, é: quais vozes são parte desta plataforma política on-line e quais são deixadas de fora?


Palavras-chave


Vale do Silício; desigualdades de classe; política digital.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Diretório e Indexadores

Directory of Open Access Journals

 

 

 

Início

- DOAJ (Directory of Open Access Journals): https://doaj.org/toc/2317-4919

- Latindex - http://www.latindex.unam.mx/buscador/ficRev.html?opcion=1&folio=24643

- Seer/ Ibict - http://seer.ibict.br/index.php?option=com_mtree&task=viewlink&link_id=3032&Itemid=109

- Livre! -  https://portalnuclear.cnen.gov.br/livre/Inicial.asp

- Sumarios.org - http://sumarios.org/revistas/par%C3%A1graforevista-cient%C3%ADfica-de-comunica%C3%A7%C3%A3o-social-da-fiam-faam